sábado, 7 de setembro de 2013

Aprovado auxílio de R$ 2 mil para policiais e bombeiros/ deputados Flávio Bolsonaro (PP), Wagner Montes- (PSD), Luiz Martins (PDT) e Márcio Pacheco (PSC)

A indicação legislativa de autoria dos deputados Wagner Montes (PSD), Flávio Bolsonaro (PP), Luiz Martins (PDT) e Márcio Pacheco (PSC), para a ampliação do auxílio invalidez de R$ 2 mil para policial militar e civil, bombeiro militar e inspetor de segurança e administração penitenciária foi aprovada na Assembleia Legislativa do estado do Rio (Alerj). A Indicação solicita ao governador Sérgio Cabral o envio de mensagem alterando o artigo 1º da Lei N° 3.527, de 9 de janeiro de 2001. O profissional reformado ou aposentado por incapacidade definitiva e considerado inválido e que fique impossibilitado para trabalhar e garantir sua subsistência, deverá receber mensalmente o auxílio-invalidez. Para ser valida, entretanto, é necessário que o governador execute a indicação. A Comissão Especial presidida por Wagner Montes apontou que condições de tratamento oferecidas pelo estado são precárias, e as despesas particulares enormes. Se aprovada, a lei entrará em vigor na data de sua publicação, com efeitos financeiros retroativos a 1º de janeiro de 2013.////// Leia mais: http://extra.globo.com/emprego/servidor-publico/aprovado-auxilio-de-2-mil-para-policiais-bombeiros-9425675.html#ixzz2eFIZm1F4
Precisamos de amigos como esses sem sofisma e com trabalho e reconhecimento! Reynoso Silva Cidadão Bombeiro!

4 comentários:

  1. O TEMPO ESTA PASSANDO E NADA CADE O GOVERNADOR PARA ASSINAR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma indicação legislativa, me parece conjunta, agora é preciso esperar que o Executivo envie o projeto em regime de urgência para votação na ALERJ! Vá ao Site dos Deputados para saber dos tramites!

      Excluir
    2. envie Email solicitando informação do assunto para deputado@flaviobolsonaro.com.br

      Excluir
    3. http://www.twitter.com/flaviobolsonaro

      Excluir

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.